Mais um Quadrinho Brasileiro Conquistando o Mundo!

Mais um Quadrinho Brasileiro Conquistando o Mundo!

26/07/2018 0 Por Sandro Marcelo Ladino

Exatamente, caríssimo Sanifã! Enquanto os detratores vivem aí com síndrome de vira-lata, cuspindo nos quadrinhos brasileiros a ponto de contaminar alguns com seu veneno, o nosso quadrinho vai sendo apreciado mundo afora, para mostrar que temos sim muita qualidade no quadrinho produzido em Terra Brasilis! Desta vez quem nos enche de orgulho é o quadrinista paulistano Marcelo D’Salete que no dia 20 de julho de 2018 venceu, com a graphic novel Cumbe, simplesmente o maior, repito, o maior prêmio de quadrinhos do mundo, o Eisner Award!

Capa da edição brasileira de Cumbe pela editora Veneta.

A instituição do prêmio é uma homenagem ao quadrinista e ilustrador americano Will Eisner, criador do personagem The Spirit e ocorre anualmente durante a San Diego Comic-Com na Califórnia. Detalhe que o prêmio é dado aos maiores nomes do quadrinho mundial. Isso mesmo, um quadrinho brasileiro está entre os maiores nomes do quadrinho mundial!  A HQ premiada pelo Eisner foi lançada no Brasil em 2014 sob o selo Veneta e já foi publicada não só nos EUA, mas também na França, Áustria, Itália e Portugal.

Capa da edição de Cumbe em língua germânica. Brasil ganhando o mundo!

Classificada na categoria de Melhor Edição Americana de Material Estrangeiro, Cumbe foi publicada nos EUA em 2017, sob o título Run for It – Stories of slaves who fought for the freedom, pela editora Fantagraphics.  A trama se constrói com base em relatos e documentos reais para narrar as histórias de quatro escravos no período colonial que tentam lutar contra a escravidão predominante na época, temática que também foi abordada em Angola Janga: Uma história de Palmares, trabalho mais recente do autor pelo selo Veneta.

Capa da edição americana da Fantaghraphics que ganhou o Eisner Award.

De acordo com D’Salete, o quadrinho simboliza a luta pelo reconhecimento simbólico, cultural, econômico e político do país. Ele ainda enfatiza que os quadrinhos, junto com a literatura e as artes, são componentes essenciais para que possa ocorrer uma mudança estrutural, e nós concordamos em gênero, número e grau!

Página 12 de Cumbe. Arte primorosa e narrativa gráfica emocionante!

De nossa parte é muito gratificante ver mais um talento brasileiro dos quadrinhos ser reconhecido desta forma, por talento artístico! Nossos parabéns ao Marcelo D’Salete e estamos ansiosos por mais trabalhos seus! Aplausos para este campeão!

Página 11 de Cumbe. O visual muitas vezes fala mais que o texto!

Para quem estiver interessado em adquirir as publicações do Marcelo, basta acessar o site da Veneta: http://veneta.com.br/. Cumbe tem 192 páginas e custa 54,90 + frete, enquanto que Angola Janga: Uma história de Palmares, tem 432 páginas e custa R$ 89,90.